segunda-feira, 20 de julho de 2009



Que os olhos de nossos corações

sejam abertos

Que a neblina que os embaçam

percam a resistência,a rigidez

Que possamos nos esvaziar de todo sentimento

enganoso de auto-suficiência

E assim...

como crianças

sermos felizes outra vez!


Arnalda Rabelo

2 comentários:

  1. Arnalda,

    Lindo Poema...ah, sempre que posso volto a ser criança...ela está sempre junto a mim...

    Feliz Dia do Amigo!!

    Um beijo com carinho,

    Reggina Moon

    ResponderExcluir



Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98, violá-los é crime estabelecido pelo artigo 184 do Código Penal Brasileiro.