domingo, 29 de agosto de 2010

Saudades



Instantes atrás soprou um vento
em minha face,
acariciou os meus cabelos
e sussurrou em meus ouvidos.
Eu quase te vi.
Não eras tu.
Era brisa de saudade cheirando a flor...
Sorriu para mim!

Arnalda Rabelo

4 comentários:

  1. Sensibilidade, beleza ,leveza....
    Amei!!!!

    ResponderExcluir
  2. que os ventos te tragam sempre bons e leves toques de amor .
    abraços Arnalda

    ResponderExcluir
  3. Que lindo querida! Delicado ao ler e ver. Bjus no caração.

    ResponderExcluir
  4. E ficou em mim...
    Que lindo minha Flor... Amei !!!
    Tava com saudades de você, desculpe-me pela ausência.
    Adoro-te..

    ResponderExcluir



Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98, violá-los é crime estabelecido pelo artigo 184 do Código Penal Brasileiro.